Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Entenda o Programa

O Programa de Educação Ambiental do Sistema Campo Limpo foi criado em 2010 com o intuito de apoiar instituições de ensino na complementação de conteúdos curriculares relacionados ao meio ambiente, sempre alinhados às recomendações dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Objetivos:

  • Colaborar com as instituições de ensino na complementação de conteúdos curriculares, por meio da abordagem de temas relacionados ao meio ambiente e alinhados às recomendações dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN);
  • Capacitar crianças e adolescentes para tornarem-se agentes multiplicadores de boas práticas ambientais, utilizando ferramentas acessíveis e a estrutura oferecida pela escola;
  • Ser um canal de relacionamento entre o Sistema Campo Limpo e a comunidade local.

Anualmente são distribuídos kits educativos para aplicação em turmas do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental. O kit compreende caderno do professor, pôsteres temáticos e outros materiais de apoio em salas de aula. Em 2016, 7 mil kits foram impressos para atender 1.872 escolas de 277 municípios, em 23 estados, que participaram do Programa de Educação Ambiental Campo Limpo e envolveram cerca de 188 mil alunos. O tema proposto no PEA desde 2016 é “Resíduos sólidos: responsabilidade compartilhada”.

O objetivo do material é contribuir para a formação da consciência dos alunos sobre direitos e deveres ambientais. A ideia é trabalhar o tema da reciclagem de resíduos sólidos a partir da noção de “responsabilidade compartilhada”. Ou seja: todos nós (família, escola, empresas, governo…) temos o compromisso de buscar soluções que minimizem os impactos causados por esses resíduos à saúde e ao meio ambiente. Para isso, queremos que os alunos conheçam a Política Nacional de Resíduos Sólidos de forma adaptada à faixa etária, que tem como objetivo ser um chamado para que cada um dos agentes da sociedade cumpra o seu papel na gestão dos resíduos sólidos. Queremos também que os alunos se sintam parte desse sistema e que, a partir dessa reflexão, proponham ações individuais e coletivas no ambiente da escola e da família.

Tema da edição 2017

O tema proposto no PEA desde a edição de 2016 é Resíduos sólidos: responsabilidade compartilhada. A ideia é contribuir para a formação da consciência dos alunos sobre direitos e deveres ambientais, a partir da noção de “responsabilidade compartilhada”. Ou seja, todos os agentes da sociedade têm o compromisso de buscar soluções que minimizem os impactos causados por esses resíduos à saúde e ao meio ambiente. Para tal, os alunos terão contato com a Política Nacional de Resíduos Sólidos de forma adaptada à faixa etária, que tem como objetivo ser um chamado para que cada um dos agentes da sociedade cumpra o seu papel na gestão dos resíduos sólidos.

Avançando na temática, a proposta do novo ciclo é explorar novos desafios das escolas nesse contexto. Em 2017 o enfoque está voltado essencialmente para o papel desse espaço educador na comunidade. Para tanto, o programa se propõe a abordar o conceito de escola sustentável, que tem como fundamento a criação de um ambiente com o envolvimento das famílias e da comunidade, em que as crianças sejam ouvidas e possam contribuir na construção de acordos e propostas de mudança com vistas a um modo de vida mais sustentável. Assim, um desdobramento do tema central é a participação infanto-juvenil, que é essencial para estimular a cidadania e a responsabilidade em relação aos ambientes em que vivem.

O kit educativo desta edição é composto pelos seguintes materiais: Caderno do Professor, Jogo Colaborativo Guardiões do Planeta, Cartaz “Calendário Ambiental da Turma” e Cartaz com a história em quadrinhos “Responsabilidade compartilhada: a escola no desafio dos resíduos”.