Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Vídeos Educativos

Vídeos explicativos sobre o PEA Campo Limpo

Sobre o PEA

Saiba o que é o Programa de Educação Ambiental Campo Limpo

Saiba mais

Confira o vídeo educativo do PEA com todas as informações do programa em sua edição de 2021.

Edições anteriores

Em 2020, a proposta do PEA foi ampliar a abordagem de gestão compartilhada de resíduos sólidos, introduzindo o conceito de economia circular. Conceitos trabalhados em edições anteriores do programa, como consumo consciente, logística reversa, ciclo de vida dos produtos, são reforçados a partir do entendimento do modelo de economia circular. Essa perspectiva ajudará os estudantes a entenderem melhor as relações de consumo de matéria-prima e produção de resíduos, nas quais todos estamos envolvidos, cotidianamente.

A proposta de 2019 foi dar ênfase ao protagonismo do aluno no processo de responsabilidade compartilhada pela gestão dos resíduos sólidos. Oferece conhecimentos e sugere práticas que estejam no nível de suas possibilidades de ação na família, na escola e na comunidade.

O ano de 2018 marcou uma importante evolução do Programa de Educação Ambiental Campo Limpo (PEA) na temática das Responsabilidades Compartilhadas: a contribuição das famílias na destinação correta dos resíduos sólidos. Esse percurso temático, que teve início lá em 2016, passou algumas abordagens. Primeiramente, o kit pedagógico trabalhou a perspectiva da comunidade, refletindo sobre o papel de todos os atores sociais. Em 2017, aprofundando a o olhar para as responsabilidades de cada segmento da sociedade, o programa propôs um debate sobre o papel da escola.

O esforço em manter um diálogo constante com a comunidade escolar vem sendo uma tônica do PEA. O vídeo é mais uma ferramenta nesse sentido. Educadores que participam do programa podem usar o material em suas reuniões com a comunidade e as centrais de recebimento também ficam com o material à disposição para suas ações de mobilização.

Confira como ficou o vídeo de 2017: